Opinião | The Places I’ve Cried in Public

Autora: Holly Bourne
Editora: Usborn Publishing
Ano de Publicação: 2019
Género: Romance Young Adult
Nº de Páginas: 368

SINOPSE

«It looked like love. It felt like love. But this isn’t a love story.

Amelie fell hard for Reese. And she thought he loved her too. But she’s starting to realise that real love isn’t supposed to hurt like this.

So now she’s retracing their story, revisiting all the places he made her cry. Because if she works out what went wrong, perhaps she can finally learn how to get over him.»

Este foi o primeiro livro que li da Holly Bourne. Não está editado em português, mas está a venda na Amazon Kindle ou nas livrarias comuns, na sua edição inglesa.

Profundo e devastador. São as palavras que me ocorrem no momento para descrever esta história.

A premissa é vulgar: Amelie, uma adolescente de 16 anos, muda-se para uma cidade nova onde se sente deslocada e não conhece ninguém, até que ele aparece.

«What scares me the most of all, Reese, is that now, back in this stuffy refectory, with my soul sucked dry and my heart beyond repair… I… I…
I still worry I’d do it all over again.»

Reese é tudo com que Amelie sempre sonhou. Carismático, romântico, encantador, e o melhor de tudo – louco por ela.

Confesso que inicialmente me custou deixar-me envolver pela história, achei as primeiras cenas demasiado estáticas e não fui logo com a cara da protagonista, mas bastaram dois capítulos para prender a minha atenção.

Ao início tudo são borboletas e arco-íris, ambos mergulhados numa felicidade digna de um filme da Disney. Mas depois, as coisas começam a mudar.

«I’m making a memory map. About you and all the places you’ve made me cry. I reckon it’s going to hurt like hell, but it’s the only thing I can think of to figure this whole mess out.»

A narração ocorre em dois tempos diferentes, à medida que acompanhamos Amelie enquanto regressa a todos os lugares públicos onde Reese a fez chorar, numa tentativa de entender o que correu mal. Em cada lugar, há uma nova descoberta e quanto mais avançamos, mais intenso fica.

A partir daí, o enredo segue por um percurso que nos vai amassando o coração, pedacinho a pedacinho, capítulo a capítulo, enquanto, lenta e dolorosamente, vamos ganhando consciência do que realmente se está a passar.

É uma história sobre abuso, confiança, auto-estima e superação.

O difícil agora vai ser superar este livro.

Capa: ★★★★★
Enredo: ★★★★★
Escrita: ★★★★☆
Personagens: ★★★★☆
Avaliação Final: ★★★★☆

0 replies

Leave a Reply

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.